Games são arte?

Todo mundo diz que sim, né?

Continuar lendo

Anúncios
Publicado em Análise, Comentários, Filosofia | Marcado com , , , | 5 Comentários

Kaze Tachinu: comovente despedida de Miyazaki

Isto não é uma review nem uma análise completa de Kaze Tachinu, mas apenas reflexão sobre certo sentido comovente na obra final do mestre Miyazaki. Não tenham receio de criticar ou trazer outros pontos da obra para discussão.

Texto repleto de spoilers.

Continuar lendo

Publicado em Comentários | Marcado com , , | 2 Comentários

The Dangling Conversation pt.1

Olá, eu sou o Luis, também conhecido por outros nomes/apelidos como lulu e night. Estou neste blog basicamente desde o começo de 2013 [?] e não postei nada ainda por motivos de vadiagem.

Apesar desse fato, dediquei meu ano à audição de vários lançamentos de discos de música que me interessavam, durante este período fui consolidando vários conceitos que considero importantes para a crítica artística, é sobre alguns desses conceitos que falarei neste primeiro momento.

Continuar lendo

Publicado em Análise, Coluna, Discussão, Filosofia | 12 Comentários

Passeio pelos primórdios do Cinema…

Nas próximas semanas publicarei uma série de textos sobre os grandes nomes que fundaram a arte cinematográfica, começando nos últimos anos do século XIX. São figuras decisivas para o surgimento dos pilares da gramática cinematográfica.

Por hoje, como introdução, deixo apenas alguns filmes para descobrirem estas maravilhas escondidas.

Continuar lendo

Publicado em Pesquisa, Recomendação | 2 Comentários

Escuridão e Luz da Europa em Noir (2001)

Primeiramente agradecemos de coração as palavras carinhosas que recebemos nos últimos tempos lamentando a ausência do blog. É reconfortante saber que podemos, de alguma forma, ajudar as pessoas. Não prometeremos retorno consistente nem periodicidade frequente, mas ao menos algumas postagens de vez em quando. Segue uma hoje sobre o anime Noir, de Koichi Mashimo.

Tem spoilers.

Continuar lendo

Publicado em Análise | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Gilgamesh entre a epifania e o vazio desonesto

Comparando aquelas sequências bizarras e aparentemente aleatórias de imagens que vemos durante o sono com as histórias que acompanhamos frequentemente em livros, filmes, mangás, etc., constatamos triste realidade: invariavelmente os sonhos são infinitamente mais empolgantes, ferozes, dramáticos, estonteantes e enigmáticos. Enfim, as obras que lemos são meras criações pálidas vinculadas àquilo que projetamos durante os sonhos.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

Dez álbuns de rock

Só para fingir que o blog não morreu. Álbuns em ordem decrescente.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 7 Comentários